Diferentemente do pH da piscina, a alcalinidade não é um termo muito conhecido.

Não é raro encontrar pessoas que limpam a própria piscina há anos e nunca ouviram falar, ou nunca se preocuparam, com a alcalinidade.

E você, sabe o que é alcalinidade da piscina?

Dentre os parâmetros essenciais que devemos monitorar para manter a piscina sempre cristalina e saudável, a alcalinidade é um dos mais importantes!

Com este texto pretendemos esclarecer o que é a alcalinidade da piscina e mostrar por que ela é tão importante quanto o pH na limpeza da piscina.

A alcalinidade

A alcalinidade é um conceito um pouco complexo… Vamos tentar explicar da maneira mais simples possível.

A escala da alcalinidade da piscina

A alcalinidade da piscina é o parâmetro que determina a tendência que o pH da água tem de variar.

Podemos dizer que a alcalinidade mede a estabilidade do pH da piscina.

Se você leu nosso texto onde falamos acerca do pH, você sabe a importância de mantê-lo estável. Se ainda não leu, confira o link:

A escala da alcalinidade

Assim como a escala do pH vai de 0 a 14 mas os valores que realmente importam são aqueles em torno de 7, os valores que realmente interessam na escala da alcalinidade ficam em torno de 120.

Podemos dizer que a escala da alcalinidade vai de 0 a 400 e que o valor ideal para a água da piscina é em torno de 100 ppm, conforme mostramos na imagem ao lado.

A influência da alcalinidade na piscina

Uma vez que o pH influencia diretamente na eficácia do cloro e de outros produtos químicos da piscina e a alcalinidade é quem determina a estabilidade do pH, fica fácil perceber que antes de regular o pH é imprescindível medir e corrigir a alcalinidade.

Isso por que se a alcalinidade estiver abaixo do valor recomendado, que é 100 ppm, o valor do pH pode flutuar e em pouquíssimo tempo todo o cloro que você colocar na piscina poderá se tornar praticamente inútil.

Kit de testes para alcalinidade da piscina

A medição da alcalinidade, assim como a do pH, pode ser feita de duas maneiras. Vamos conhecer as duas?

Medir a alcalinidade com o Kit de Testes

Para medir a alcalinidade da sua piscina, basta seguir os seguintes passos:

  1. Recolha, no tubo cilíndrico, 25 ml de água da piscina.
  2. Adicione 3 gotas da Solução 2 (indicador) e agite para igualar a cor azul esverdeada.
  3. Adicione cuidadosamente a Solução 1 (titulante). Uma gota de cada vez e sempre contando-as, mantendo o frasco na posição vertical e agitando o tubo em círculos durante a adição, até que a cor da água se torne rosada.
  4. A medição da alcalinidade é feita contando-se o número de gotas necessárias para fazer com que a água do tubo mude completamente de cor.

Dependendo da marca do Kit de Testes de Alcalinidade que você adquirir, as cores e o número de gotas do indicador podem mudar, entçao, como sempre, o importante é ler e seguir as instruções do rótulo do seu produto, ok?

Se foram necessárias 12 gotas do titulante para mudar a cor da água do tubo, significa que a alcalinidade da água da sua piscina está em 120 ppm.

Se foram gastas 7 gotas, sua alcalinidade está em 70 ppm e assim por diante.

Fita teste para medir alcalinidade

Medir a alcalinidade com a Fita Teste

Assim como é feito com o pH, a forma mais simples de determinar a alcalinidade da piscina é utilizando uma Fita Teste.

Como se não bastasse, a fita também mede o pH e alguns outros parâmetros importantes da água de uma vez só!

Para determinar a alcalinidade, basta seguir o passo a passo:

  1. Mergulhar uma fita na água da piscina removendo-a imediatamente.
  2. Segurar a fita por 15 segundos sem balançar e sem retirar o excesso de água.
  3. Comparar as cores da fita com as cores do rótulo.

Comparando as cores você consegue saber qual o valor da alcalinidade da sua piscina. E então basta corrigi-la!

Corrigir a alcalinidade da piscina

A tendência natural da alcalinidade da piscina é, assim como a do pH, diminuir.

Por isso, por via de regra, o que mais vamos usar para corrigir a alcalinidade é um produto químico chamado de “Elevador de Alcalinidade”. Em algumas regiões ele também é conhecido como “Estabilizador de pH” ou “PH Estável”.

De acordo com a quantidade de gotas que você gastou no teste, você vai determinar, com ajuda da tabela presenta na embalagem do produto, quanto deste “Elevador de Alcalinidade” você vai precisar.

Caso sua piscina seja exceção, ou seja, esteja com a alcalinidade muito alta, basta adicionar “Diminuidor de Alcalinidade” que é basicamente o mesmo produto usado para diminuir o pH.

Alguns fabricantes já estão chamando-o de “Diminuidor de pH e Alcalinidade”.

A alcalinidade da piscina – Conclusão

Agora você já sabe bem o que é, como e por que medir a alcalinidade da piscina, confira nosso texto onde falamos sobre o pH:

  • O pH da piscina

Conhecendo estes dois parâmetros você já tem uma excelente base para manter o balanceamento químico da sua piscina.

Entretanto, você provavelmente sabe que o tratamento de uma piscina requer muito mais que isso!

É preciso estar atento ao tratamento físico também! É preciso fazer a escovação, a peneiração, a filtração, a aspiração das impurezas do fundo e uma série de outros processos que visam assegurar a qualidade da água.

Como sempre, recomendamos que você contrate uma empresa especializada em limpeza de piscinas.

Profissionais deste setor já estão acostumados a manter o controle deste e de outros parâmetros importantes para a piscina.

A Brasil Piscinas cuida também da sua casa de máquinas como um todo. Além de manter a piscina sempre cristalina e saudável, ficamos de olho para identificar a necessidade de alguma manutenção corretiva em algum dos equipamentos da piscina.

Somos especialistas em piscinas de vinil e trabalhamos também com limpeza de piscinas na região da Pampulha.

Se sua piscina precisar de qualquer coisa, ou se você tiver alguma dúvida com relação ao tratamento e manutenção da piscina, reforma ou mesmo a construção de piscinas, fale conosco!

Estamos sempre à disposição!

Artigos Recentes