É difícil encontrar uma pessoa do ramo de piscinas que não tenha ouvido falar desta sigla: o pH.

Muito se fala a respeito do pH da piscina mas poucos realmente entendem a sua importância no tratamento da piscina.

O objetivo deste texto é esclarecer o que é o pH da piscina e demonstrar os motivos pelos quais ele é um dos parâmetros mais importantes na limpeza da piscina.

O pH

Antes de mais nada, vamos falar da sigla pH. Ela significa Potencial de Hidrogênio.

Se você não é muito familiarizado com a química, provavelmente não mudou muita coisa saber do significado de pH

Calma! Vamos explicar!

O que é o pH?

PH, ou Potencial de Hidrogênio, é um parâmetro químico que determina a acidez de uma substância.

O phAssim como a escala do metro vai de zero a cem centímetros, a escala do pH vai de zero a quatorze.

O pH de substâncias ácidas, como o limão, é menor do que 7 (sete). O pH de substâncias básicas, como a soda cáustica, é maior do que 7 (sete).

Logicamente, o pH neutro é exatamente o pH 7 (sete).

O pH da piscina

O ph da piscinaÉ importante saber o pH da piscina pois os produtos químicos usados no tratamento, como o cloro, são desenvolvidos para serem utilizados numa determinada faixa de pH.

Se utilizarmos o cloro numa piscina com pH muito ácido, ou seja, abaixo de 7, ele praticamente não surtirá nenhum efeito.

Da mesma forma, é quase inputil adicionar cloro numa piscina com pH acima de 8!

Nessas duas situações, o cloro se dissolve na água da piscina e acaba se transformando em subprodutos que não tem poder nenhum de desinfecção.

E sem a desinfecção, não há conjunto filtrante que dê conta de manter a piscina cristalina!

Como medir o pH da piscina

Agora que você já sabe o que é o pH da piscina e o porquê de manter sempre o seu controle, vamos falar um pouco da parte prática: como fazer a medição do pH da piscina.

A medição do pH da piscina pode ser feita de várias formas. Vamos falar das duas principais…

Medindo o pH com o Kit de Testes

Kit testes para medir o pHPara medir o pH usando o Kit de Testes é muito simples! Basta ler e seguir as instruções na própria embalagem do kit.

  1. Mergulhe o recipiente comparador na água da piscina e colha as amostras a aproximadamente 30 cm de profundidade utilizando o traço como referência para o limite da amostra.
  2. Adicione a quantidade correta (varia de acordo com o fabricante do kit) de gotas do reagente Vermelho Fenol no tubo referente ao pH, que geralmente fica do lado direito do comparador.
  3. Coloque a tampa no comparador e agite até que se obtenha uma coloração uniforme.
  4. Compare a cor resultante da amostra com a escala do comparador.

Algumas observações quanto ao Kit de Testes:

  • Não retorne a água analisada para a piscina! Ela deve ser descartada!
  • Não inverta as tampas dos frascos nem as tampas do comparador.
  • Conserve os frascos fechados, fora do alcance das crianças e de animais e, sempre, evite o contato dos reagentes com a pele!
  • Mantenha os frascos dentro do estojo, protegidos do sol e do calor, trocando-os de acordo com o prazo de validade.

É um procedimento simples mas que pode ser ainda mais simplificado. Confira a medição do pH com a Fita de Testes…

Fita teste para medir pHMedindo o pH com a Fita de Testes

Para saber o valor do pH da água utilizando a fita de testes é ainda mais simples:

  1. Mergulhe uma fita na água da piscina e remova-a imediatamente.
  2. Segure a fita por 15 segundos sem balançá-la e sem retirar o excesso de água.
  3. Pronto! Basta comparar as cores da fita com as cores do rótulo.

Corrigir o pH

Não basta somente saber do pH, é importante deixá-lo sempre dentro do patamar ideal.

Depois de medir o pH, ou com o Kit de Testes ou com a Fita Teste, avaliamos a necessidade de correção e, se houver, utilizamos os produtos indicados para tal.

Se o pH da piscina estiver abaixo de 7, utilizamos Carbonato de Sódio, ou Elevador de pH, para elevá-lo.

Se o pH da piscina estiver acima de 7,6, utilizamos Diminuidor de pH para reduzi-lo.

A tendência natural o pH é sempre descer. Por isso recomendamos deixá-lo sempre em torno de 7,4.

O pH da piscina – Conclusão

Agora você já sabe bem o que é, como e por que medir o pH da piscina.

Contudo, o tratamento de uma piscina requer muito mais que isso!

É preciso ter atenção constante com uma série de outros detalhes que, se não observados, podem jogar todo o trabalho no lixo.

Nossa recomendação é que você invista na contratação de mão de obra especializada em limpeza de piscinas.

Este tipo de profissional já está acostumado a manter o controle deste e de outros parâmetros importantes para a piscina.

E como se não bastasse, nós da Brasil Piscinas, ainda cuidamos da saúde da sua casa de máquinas como um todo, alertando sempre que houver a necessidade de alguma manutenção corretiva.

A Brasil Piscinas é especialista em piscinas de vinil e trabalha também com limpeza de piscinas na região da Pampulha.

Se precisar de qualquer coisa do universo das piscinas, desde a reforma até o tratamento da piscina, fale conosco! Estamos à sua disposição!

Artigos Recentes