CascataAs cascatas são utilizadas em piscinas residenciais embora também possam ser utilizadas em outros tipos de piscinas. Elas são chamadas de chafariz, jato de água, chuveiro na piscina e por aí vai…

Apesar dos diferentes nomes, todos parecem concordar sobre o efeito que a água caindo na piscina provoca. É difícil saber se é o barulho ou se é a forma criada pela queda da água, mas é nítido como as cascatas incrementam a sensação de relaxamento durante o uso da piscina.

Hoje vamos falar sobre a cascata. Você vai entender como funciona esse acessório, pra que ele serve e algumas formas de fazer a instalação.

Ficou curioso?

Vem com a BRASIL PISCINAS que a conversa hoje vai ser boa!

O conceito de cascata para piscinas

Antes de começar vamos definir o que é uma cascata. Podemos entender como o conceito de cascata, um acessório que permite que, ao invés de “injetar” a água na piscina, como fazem os dispositivos de retorno, permite que a água seja jogada de uma determinada altura em direção à piscina.

A maior parte das cascatas funcionam como um dispositivo de retorno suspenso por uma estrutura que pode ser metálica, de fibra de vidro ou mesmo de concreto.

Cascata ChafarizOs tipos de cascatas

Por falar nesta estrutura, vamos definir aqui os principais tipos de cascatas disponíveis.

Cascatas externas

Podem ser de aço inoxidável, mas não é raro vê-las de outros materiais como fibra de vidro, podendo ser encontradas em diversos modelos diferentes.

É possível encontrar cascatas com menos de 40 centímetros de altura, mas também não é raro ver modelos de cascatas beirando os 2 metros de altura.

Normalmente são instaladas na beira da piscina e a única coisa que precisam para funcionar é de uma tubulação de retorno da casa de máquinas.

Cascatas de embutir

As cascatas de embutir também podem ser metálicas ou de fibra de vidro, mas, via de regra, precisam ser “construídas” de uma forma mais artesanal.

Isso acontece pois normalmente a água deste tipo de cascata não entra em contato direto com a piscina. Normalmente esse tipo de cascata cria um efeito de cachoeira que escorre pela parece, por um vidro ou por alguma outra superfície que direciona o fluxo de água.

Quando bem feitas podem produzir verdadeiros oásis e deixar o ambiente de lazer com um visual muito mais impactante.

Na prática, as cascatas de embutir são mais complicadas de instalar e em alguns demandam um trabalho manual cuidadoso para construir o efeito pretendido.

Como instalar a cascata

Esquema de instalação da cascata na piscina

A instalação da cascata é uma tarefa simples e rápida, desde que o local e a instalação hidráulica esteja pronta esperando apenas o acessório.

Piscina do Anderson - Enseada das Garças

A cascata de embutir, por exemplo, deve ser instalada numa parede externa como
complemento à parede da piscina.

É preciso prever a passagem do tubo de 50 milímetros, que vem da casa de máquinas, nesta pequena parede.

O ideal é que a alimentação da cascata seja feita depois de passar pelo filtro, afinal, qualquer pedrisco, folha ou outro objeto poderá entupir a saída de água do acessório.

A altura da cascata de embutir deve ser observada para manter o efeito de véu da queda da água.

Dúvidas com relação às cascatas?

As cascatas usadas em piscinas são as queridinhas dos arquitetos e nós concordamos em absoluto. Elas dão um charme inexplicável para o ambiente e contribuem para acalmar os ânimos ao produzir um som similar ao de uma cachoeira.

Fale Conosco!

Não deixe de ver as outras publicações que tratam do assunto:

Esperamos que você tenha gostado da conversa e, como sempre, se precisar, fale conosco!

A BRASIL PISCINAS está à disposição no nº 860 da Francisco Negrão de Lima, aqui na região da Pampulha, em Belo Horizonte.

Estamos sempre prontos para receber seu contato no e-mail ou no telefone, ok? Grande abraço e até a próxima!

Escreva seu comentário

Fale conosco

Cascatas baratas para a piscina