O aquecedor solar é uma das opções para aquecer a água de piscinas e especificamente no Brasil este sistema de aquecimento é extremamente vantajoso já que temos sol abundante durante a maior parte do ano.

Temos uma página estática que fala sobre sistemas de aquecimento de piscinas mas ainda não falamos especificamente sobre o aquecedor solar para piscinas. Muito embora já falamos um pouco sobre alguns de seus atributos, detalhes da sua construção e forma de instalação, nesta publicação você vai realmente conhecer o solar para piscina.

Vamos responder a questões como:

O que é o aquecedor solar para piscina?
O que compõe um sistema de aquecimento solar para piscinas?
Quando é melhor escolher o solar para piscinas?
O aquecimento solar da piscina pode ser usado sozinho ou é melhor ter um aquecedor de apoio?

Estas e outras questões você vai ver aqui e agora! Pronto?

Aquecimento solar para piscina

O sistema de aquecimento solar para piscinas é semelhante ao sistema usado para aquecer a água de chuveiros com apenas alguns detalhes diferentes.

Ele funciona convertendo a energia solar em energia térmica e em seguida transferindo esta energia para a água da piscina. Uma das principais diferenças entre o solar residencial e o solar para piscinas é a existência do reservatório térmico, também chamado de Boiler.

Não existe reservatório térmico no sistema de aquecimento solar usado em piscinas. Na realidade, este papel é desempenhado pela própria piscina.

Na teoria é um sistema extremamente simples composto por um conjunto de coletores e uma motobomba para forçar a circulação da água na tubulação. Eis aqui mais uma diferença dos sistemas de energia solar usados em residências: o obrigatoriedade de uma circulação forçada. Sistemas residenciais podem utilizar-se da circulação por convecção, aquela que acontece naturalmente pela diferença da densidade da água proveniente da diferença da temperatura. No solar da piscina não há como contar com este fenômeno pois, além de outros motivos, as placas normalmente estão muito acima da piscina.

Componentes do solar da piscina

O sistema é composto por pelo menos estes itens:

  • Um conjunto de coletores, normalmente chamado de placas coletoras;
  • Um sistema de controle de temperatura, para que o usuário possa determinar a temperatura desejada;
  • Uma motobomba para fazer a circulação da água;
  • Uma válvula ventosa para eliminar bolhas de ar no interior do sistema;
  • Acessórios para a instalação e outros pequenos itens de fixação das placas e dos outros componentes.

Para saber mais sobre estes componentes, acesse o seguinte link: Componentes do aquecedor solar para piscinas.

Características do solar da piscina

O sistema de aquecimento solar usado em piscinas pode ser considerado um dos mais confiáveis quando são instalados no Brasil. Isso porque temos abundância de radiação solar e, ao longo do ano, apenas uma pequena porção de dias de chuva.

Além desta confiabilidade, o solar para piscinas oferece um excelente diferencial de temperatura, ou seja, consegue incrementar a temperatura da piscina em muitos graus Celsius num pequeno período de tempo. Na prática, isso significa que o solar aquece a piscina mais rapidamente do que outros sistemas de aquecimento.

Um dos pontos fracos do solar é sua dependência da radiação. Isso faz com que ele não possa ser considerado a melhor opção, ao menos quando utilizado sem a ajuda de um aquecedor auxiliar, para piscinas que são exploradas comercialmente.

Clínicas de fisioterapia, clubes onde há aula de natação, academias e outros estabelecimentos que dependem da piscina aquecida, não podem confiar cegamente na energia solar pois, mais cedo ou mais tarde, acontecerão períodos sem sol e o solar acabará por deixar a piscina sem o aquecimento desejado.

Por isso é importante, sempre que for optar pela instalação do solar para a piscina, contar com um sistema de aquecimento auxiliar. Sempre recomendamos a instalação de aquecedores a gás ou de trocadores de calor.

Custo do solar da piscina

O sistema de aquecimento solar para piscinas apresenta o melhor custo benefício dentre todas as opções para se ter uma piscina aquecida.

  • O aquecedor a gás é barato mas consome muito com combustível.
  • O aquecedor de passagem é barato mas consome rios de energia elétrica.
  • O trocador de calor é relativamente barato mas consome uma quantidade considerável de energia elétrica.

Já o aquecedor solar, possui um valor inicial elevado mas quase não consome energia elétrica. O que vai determinar a quantidade de energia elétrica consumida pelo solar será a potência e o tempo de funcionamento necessário da motobomba. Na prática, isso varia especialmente devido à distância dos coletores para a piscina.

Quando o solar é a melhor forma de aquecer a piscina?

No Brasil, o solar se mostra uma excelente opção quando a preocupação com a conta de energia e com o meio ambiente é uma prioridade.

Além da alta eficiência, o solar funciona de forma autônoma e pode manter a piscina sempre aquecida. Por isso, se existe a possibilidade de investir neste tipo de sistema, o negócio sempre valerá a pena, afinal, qualquer outro sistema consumiria mais no longo prazo.

Apesar disso, é importante frisar que não se deve confiar apenas no solar, em especial quando a piscina não pode deixar de estar quente em nenhuma hipótese. Nestes casos é importante avaliar a possibilidade de instalar um sistema auxiliar de aquecimento.

Alguma dúvida?

Estas são as principais considerações sobre o aquecedor solar para piscinas. Qualquer dúvida que tenha ficado, deixe pra gente no campo de comentários abaixo!

A BRASIL PISCINAS trabalha com construção de piscinas há mais de 20 anos e conhece bem acerca de todos os assuntos relacionados com o setor. Desde o aquecimento até o processo de limpeza. Grande abraço e até a próxima!

Deixe um Comentário

Fale conosco

Mudar o texto. captcha txt
Piscina aquecidaTrocador de calor para piscinas
Inline
Inline