Com a chegada do novo coronavírus no Brasil, no início de 2020, o país se deparou com diversas questões de certo modo inéditas. Com o fechamento das cidades, uma pergunta que foi feita de forma recorrente foi acerca da limpeza da piscina na pandemia.

A limpeza da piscina é uma atividade essencial?
O tratador da piscina deveria continuar a trabalhar normalmente?
Até onde a limpeza da piscina pode ser feita por uma pessoa sem qualificação?

Vamos utilizar a publicação de hoje para refletir sobre essas e outras questões. Vamos lá?

Dois passos para manter a piscina sempre limpaA piscina e o coronavírus

Desde o início da pandemia, o que se tem de notícia que relaciona o novo coronavírus com o ambiente aquático é que não existem evidências que demonstram que a água da piscina pode ser usada para transmitir o vírus de uma pessoa para outra.

Contudo, se não temos evidências que a água da piscina em si possibilita a transmissão da COVID-19, temos a clareza de que aglomerações no ambiente da piscina podem favorecer a transmissão massiva do vírus.

Por isso, a recomendação sanitária sempre foi para evitar a utilização de piscinas coletivas e utilizar a piscina em casa apenas com seu círculo familiar e desde que nenhum membro da família apresente os sintomas característicos da doença.

O limpador da piscina e o coronavírus

Nesse contexto, e levando em conta a imposição do lockdown em Belo Horizonte, muita gente se perguntou sobre o caráter essencial do trabalho do piscineiro.

Afinal, a limpeza da piscina é um serviço essencial?

Obviamente essa é a nossa opinião e reiteramos nosso respeito às opiniões diversas. Contudo, há que se diferenciar a limpeza da piscina do trabalho do limpador da piscina.

Na prática, entendemos que a limpeza da piscina é uma atividade essencial e que, portanto, precisa ser feita. Contudo, durante a pandemia esse trabalho não precisa ser realizado por um profissional, afim de reduzir a circulação de pessoas e conter a propagação da doença.

O limpador da piscina pode orientar algum integrante da família para que ele faça o trabalho e a piscina não se torne um criadouro de mosquitos transmissores de outras doenças. Não é novidade que a dengue nas piscinas também é um problema coletivo e que merece muita atenção.

Por isso, de forma resumida, entendemos que a limpeza da piscina é essencial, mas o profissional de limpeza de piscinas poderia trabalhar orientando os proprietários para que eles mesmos consigam manter suas piscinas minimamente limpas.

Mais uma vez: essa é uma opinião da nossa empresa e deixamos claro que respeitamos opiniões contrárias!

Precisa limpar a piscina durante a pandemia?

Fale Conosco!Se você precisa limpar a sua piscina durante a pandemia, conte conosco! A BRASIL PISCINAS não trabalha com limpeza de piscinas mas pode te ajudar via telefone ou WhatsApp se você quiser colocar a mão na massa.

Portanto, até mesmo para contribuir para a contenção da doença, conte com nosso suporte telefônico para lidar com o tratamento da sua piscina.

Adicionalmente, separamos alguns conteúdos que poderão servir de base para você manter sua piscina sempre saudável e pronta para o uso:

Escreva seu comentário

Fale conosco