Há muito tempo escrevemos um texto com orientações para limpar uma piscina de vinil. Hoje, seguindo a ideia, vamos falar sobre as particularidades das piscinas de alvenaria. Se você tem alguma dificuldade, alguma dúvida com relação à forma de limpar uma piscina de alvenaria, fica por aqui que a gente te mostra tudo, passo a passo.

A alvenaria é um tipo de construção que recebe revestimentos específicos cujas características devem ser consideradas na hora da limpeza. Por isso, se você faz o tratamento de piscinas de alvenaria, a conversa hoje é contigo!

A limpeza da piscina

Se acompanha nossas publicações, já deve saber que a limpeza da piscina pode ser dividida em duas etapas principais: o tratamento químico e o tratamento físico da água.

Vamos falar primeiro dos processos físicos: a aspiração, a peneiração, a escovação e etc…

O tratamento físico de uma piscina de alvenaria

Dos processos de tratamento físico da piscina, é importante dizer que cada um deles se faz necessário para que o resultado da limpeza seja satisfatório. De nada adianta colocar cloro na piscina se a filtração não for feita ou se a escovação não acontecer com certa periodicidade.

Escova para piscina de alvenariaNas piscinas de alvenaria, a escovação tem um papel fundamental. Primeiro porque qualquer superfície acaba acumulando uma certa quantidade de matéria orgânica e impurezas de toda sorte, mas também porque esse tipo de piscina normalmente conta com áreas de rejunte imerso.

Na realidade, do ponto de vista do tratamento da água, o rejunte é o grande diferencial que a piscina de alvenaria tem em relação às piscinas de fibra e às piscinas de vinil.

O rejunte é o primeiro local que dá sinais quando o tratamento da piscina não está sendo feito corretamente. É nele que as algas começam a se aderir, e é nele que elas crescem com maior vigor.

Por isso, um dos pontos negativos da piscina de alvenaria é a presença de rejunte. Obviamente esse tipo de piscina pode ser revestida com vinil ou com outros materiais que dispensam o uso do rejunte. Contudo, na maior parte das vezes o cliente escolhe a instalação de pedras, pastilhas e outros materiais que precisam desse acabamento.

Dito isso, o primeiro passo para limpar a piscina de alvenaria é se lembrar da escovação. Não precisa ser diária, não precisa nem ser semanal, mas é preciso observar as superfícies para identificar rapidamente quando está na hora de escovar a piscina.

Quando chegar a hora de escovar, não use escovas metálicas e procure sempre uma escova própria para piscinas.

Outra atividade comum na limpeza da piscina de alvenaria, e de qualquer outra piscina, é a aspiração. É ela que remove as impurezas do fundo da piscina com o objetivo de retê-las no filtro.

Aspirador para piscina de alvenariaQuando a piscina é de alvenaria, você pode escolher qualquer tipo de aspirador. Ele pode ser de esferas, ele pode ser de rodinhas, etc.

Contudo, uma boa ideia é utilizar um carrinho de aspiração com cerdas para aspirar escovando o rejunte.

Na hora de escolher a peneira para pegar impurezas maiores e detritos na superfície, você pode usar os mesmos parâmetros que utilizaria para uma piscina de vinil ou de fibra.

O normal é que se tenha uma peneira mais funda (para pegar objetos no fundo da piscina, frutas e outras coisas maiores) e uma outra mais rasa cuja tela seja mais fina para ser usada para pegar aquela poeira que fica na tensão superficial da piscina.

É sempre válido dizer que piscinas com skimmer conseguem reduzir consideravelmente a necessidade da peneira, por isso, na hora de projetar sua piscina, conte com uma equipe técnica e especialista em piscinas.

Depois de escolher todos os equipamentos manuais para limpar a piscina de alvenaria, é hora de pensar na utilização dos produtos químicos.

O tratamento químico de uma piscina de alvenaria

Devido à presença do rejunte, as piscinas de alvenaria possuem demandas químicas ligeiramente maiores que as demandas de outros tipos de piscinas.

É preciso dizer que, na teoria, essa diferença não existe, entretanto, na prática é sempre bom manter o nível de cloro da piscina em torno de 3 PPM, ao invés de 2 PPM, como é comum em piscinas de vinil, por exemplo.

A parte boa é que os azulejos e as pastilhas não perdem a cor com a ação do cloro. Isso permite, além da manutenção de um nível de cloro livre maior, o tratamento de choque com cloro mais frequente, se for necessário.

Vale dizer que a super cloração não é regra e deve ser usada somente em caráter excepcional.

Também pelo fato de não desbotar, os revestimentos comuns das piscinas de alvenaria, como pastilhas e azulejos, também possibilitam o uso dos cloradores flutuantes, margaridas, chamados também de flutuadores.

A única ressalva desse tipo de dispositivo fica com relacionada com a presença de crianças na piscina, que, na realidade, independe do tipo da piscina.

Piscinas de alvenaria também podem ser tratadas com qualquer tipo de cloro. Para saber mais sobre o melhor cloro para sua piscina, acesse: como escolher o melhor cloro para a piscina.

Limpeza da piscina de alvenaria

Fale Conosco!Fica claro que são várias as peculiaridades da piscina de alvenaria. Realizar a limpeza da piscina não é ciência de foguete, mas também não é do dia pra noite que você vai aprender tudo relacionado ao tema.

Se você tiver alguma dúvida específica sobre a limpeza da piscina de alvenaria, utilize o campo de comentários abaixo para falar conosco.

Adicionalmente, separamos em uma lista alguns artigos que escrevemos sobre limpeza de piscinas:

A BRASIL PISCINAS é especialista em construção de piscinas de alvenaria e está sempre pronta para te ajudar no que for necessário para tirar seus sonhos do papel!

Esperamos que você tenha gostado do texto e que de agora em diante você se atente para todos estes pontos que fazem a limpeza da piscina de alvenaria de certa forma uma atividade peculiar.

Escreva seu comentário

Fale conosco

Dois passos para manter a piscina sempre limpa