Piscina sem ÁguaSão várias as situações em que o senso comum recomenda a retirada da água da piscina: para limpar, para rejuntar, para trocar um azulejo, para fazer algum reparo ou limpeza específica no revestimento…

O fato é que não se pode retirar a água da piscina depois que ela já está pronta e a maior parte das pessoas não sabe exatamente o porquê.

Para entender porque a piscina precisa permanecer cheia, precisamos entender bem o papel das paredes e a forma como uma piscina é construída. Está pronto para mergulhar no assunto?

A construção da piscina

Como especialistas em construção de piscinas, falamos com propriedade: a piscina bem construída é resultado de uma obra que consegue equalizar um somatório de forças.

Mas quais forças?

A escavação da piscina cria um espaço que está a todo momento “correndo o risco” das paredes cederem. Em outras palavras, é o peso da terra que age sobre o lado externo da piscina.

Forças na piscna sem águaEsta é uma das forças que atuam 24 horas por dia na piscina e ela é construída para lidar com isso.

Além do peso da terra, a piscina é construída contando com uma segunda força: o peso da água. O peso da água age no piso e nas paredes da piscina, de dentro para fora, como se empurrasse as superfícies construídas contra o terreno.

Forças na piscna com águaEste somatório precisa resultar num equilíbrio, caso contrário, com o passar do tempo, a piscina apresentará rachaduras por estar cedendo para dentro (se o peso da terra estiver maior) ou para fora (se o peso da água estiver maior).

Na realidade não é tão simples assim pois existem diversas possibilidades. Estamos simplificando para explicar por que não se pode retirar a água da piscina depois de terminada sua construção.

O papel das paredes da piscina

Piscina vazia

Como dissemos anteriormente, para realizar o motivo de não podermos retirar a água da piscina depois de tê-la pronta, é preciso entender que o papel das paredes não é segurar a água da piscina mas segurar o terreno ao seu redor!

Além de manter o terreno seguro, sem risco de avançar sobre a piscina, as paredes da piscina são construídas com o objetivo de manter a estanqueidade da mesma, manter sua capacidade de reter a água. Esta é uma função executada juntamente com o revestimento e outro itens mas, grosso modo, a parede é o que sustenta todo o sistema de impermeabilização de uma piscina.

Não é raro vermos pessoas se preocupando mais em encontrar maneiras de construir uma piscina barata do que com a qualidade da estrutura que manterá a piscina pelas próximas décadas. A construção de uma piscina demanda muita técnica e experiência. Aqui, assim como em várias outras situações, não se pode olhar apenas para o preço!

Por falar em preço, já falamos sobre ele bastante por aqui:

Apesar de ser um outro assunto recorrente, a procura pelo melhor preço na hora de construir a piscina pode levar a uma série de dores de cabeça que são, a nosso ver, absolutamente evitáveis. Temos vários clientes de reforma de piscinas que são vítimas de processos de compra norteados pelo menor preço.

Conclusão – Não se pode esvaziar a piscina

Esvaziar a piscina

A conclusão é óbvia e ignorá-la certamente te trará problemas! A piscina não deve permanecer sem água e se for absolutamente necessário é importante que seja apenas por breves períodos e sempre com a supervisão de uma empresa especializada em piscinas.

Por falar em empresa especializada em piscinas, sempre que precisar, fale conosco!

A BRASIL PISCINAS está sempre à sua disposição aqui na Pampulha mas atendemos todo o estado!

Se preferir conversar primeiro, estamos no (31) 2520-7776 ou no contato@brasilpiscinas.com.br.

Até a próxima!

Publicações Recentes

Deixe um Comentário

Fale conosco

Mudar o texto. captcha txt
Local da construção da piscinaEnergia solar fotovoltaica
Inline
Inline