Os sistemas de sanitização de piscinas estão cada dia mais avançados e atualmente é possível tratar sua piscina de forma fácil e 100% automática. Um desses dispositivos com os quais podemos contar é o gerador de ozônio, ou ozonizador. É um equipamento que captura o oxigênio do ar e o transforma em ozônio que, como sabemos, é um composto extremamente poderoso na oxidação de produtos indesejados e na eliminação de microrganismos.

Hoje viemos responder uma pergunta que sempre nos fazem acerca desses geradores de ozônio:

Como o gerador de ozônio adiciona o gás na água?
Como o ozonizador injeta o ozônio na piscina?

Vem aprender com a BRASIL PISCINAS!

O gerador de ozônio

O funcionamento do gerador de ozônio é relativamente simples. Grosso modo, podemos resumi-lo da seguinte forma:

  1. O ar entra no equipamento e passa por uma peça chamada de “secador” cuja função principal é  “limpar” o ar;
  2. Esse ar limpo recebe descargas elétricas controladas para que haja a formação do gás ozônio;
  3. O ozônio é enviado para a piscina onde ele entrará em contato com os germes e com todo tipo de matéria orgânica que precisa ser oxidada.

A inserção do gás ozônio na piscina

Venturi do ozonizadorComo o gerador de ozônio funciona apenas quando a motobomba da piscina está ligada, o gás ozônio é inserido na água da piscina ali mesmo na casa de máquinas. A peça responsável por essa injeção é chamada de Venturi.

O Venturi é um sistema utilizado em várias situações semelhantes, em que se faz necessário inserir um gás em um determinado líquido.

Na imagem ao lado você vê em detalhes o esquema de funcionamento de um Conjunto Venturi. Acima está a peça em si e, abaixo, a visão de cima de uma peça instalada.

Repare que ela requer o uso de um “by-pass” que permite o controle da força da sucção do ozônio para dentro da tubulação da piscina.

No injetor Venturi fica conectada uma mangueira que recebe o ozônio direto do gerador e, com a sucção provocada pela passagem da água, o ozônio é sugado e acaba indo para a piscina.

Venturi do gerador de ozônioApesar de toda a força do ozônio, ele não fica nem um minuto sequer na piscina. É um composto extremamente instável e em contato com a água e com outras substâncias, provoca oxidação ou se dissocia formando outras substâncias como o oxigênio ou água.

Devido à simplicidade desse processo e à ausência de subprodutos, tratar a sua piscina com gerador de ozônio é uma atitude consciente do ponto de vista ecológico.

É também uma ideia financeiramente vantajosa haja vista que, com esse aliado oxidando as algas, bactérias, vírus e outras fontes de problemas para a piscina, você certamente gastará menos de 20% do cloro que gastava antes da sua instalação.

Injeção de ozônio na tubulaçãoDúvidas quanto à injeção do ozônio na piscina?

A inserção do ozônio na piscina é feita pelo Venturi e a quantidade de ozônio que vai para a piscina precisa ser regulada para que a sua piscina fique sempre cristalina e saudável.

Para saber mais sobre esse tipo de equipamento, acesse:

Se você tiver alguma dúvida com relação a esse gerador de ozônio ou a qualquer outro dispositivo do universo das piscinas, fale conosco!

Brasil Piscinas

Se você possui uma piscina coletiva, de academias, clube ou clínica, vai já deveria estar de olho nesses equipamentos pois é um diferencial para o seu negócio manter sua piscina constantemente cristalina!

A BRASIL PISCINAS trabalha com geradores de ozônio modernos e instalamos em toda grande Belo Horizonte.

Se quiser passar aqui para bater um papo, estamos na Avenida Francisco Negrão de Lima 860, na Pampulha, ok? Se preferir, fale com a gente pelo (31) 2520-7776 ou pelo email, ok?

Grande abraço e até a próxima!

Escreva seu comentário

Caso queira perguntar algo para nossa equipe, informe seu telefone com DDD. (Ele não será publicado.)

Fale conosco

Diferenças entre piscinas de fibra, vinil, alvenaria e concreto armado